Amor sem fronteiras

 

Numa das leituras mais escutadas nos casamentos, São Paulo disse aos Coríntios: “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.” Mas esqueceu-se de um detalhe: também não tem fronteiras.

 

A Rafaela e o Marjin relembraram-nos da universalidade do amor. Ela, portuguesa e minhota de gema, com brincos de Viana a pender orgulhosamente nas orelhas. Ele, holandês, com ternura nos olhos. Juntaram, no domingo passado, família e amigos de todos os cantos em Geraz do Lima, para dizerem ao mundo que ficariam juntos por uma vida inteira.

 

Nós? Estivemos lá. Não somos muito poliglotas, mas somos profissionais em duas línguas universais: na música e no amor. Entendemo-nos lindamente! Obrigada, Rafaela e Marjin! Sejam sempre felizes!

 

 

All you need is Love-a banda sonora perfeita para um dia de sonho